Viaduto da Mafisa em Blumenau: Acesso à BR-470 é liberado

Viaduto da Mafisa com BR-470 e Dr Pedro Zimmermann aberto ao trânsito em Blumenau Cristian Weiss Cristian Edel Weiss NSC Comunicação RBS Jornal de Santa Catarina

Publicada originalmente no Santa em 28/5/2010

Clique para ver em pdf


Rua Dr. Pedro Zimmermann é reaberta ao trânsito, mas a liberação do Viaduto da Mafisa para o fluxo de veículos depende do resultado de uma reunião marcada para as 9h de hoje

CRISTIAN EDEL WEISS
BLUMENAU

O trânsito na Rua Dr. Pedro Zimmermann, entre a Uniasselvi e a BR-470, será liberado a partir das 6h de hoje. É para quando está prevista a conclusão da obra da galeria pluvial que cedeu em janeiro e provocou a interdição do trânsito no trecho. A obra dependia apenas da pavimentação e da sinalização da pista, que seriam concluídas durante a madrugada.

A conclusão da obra era o que faltava para que o tráfego sobre o Viaduto da Mafisa – que interliga os dois lados da Pedro Zimmermann sobre a BR-470 – fosse liberado. A estrutura está pronta desde o dia 12, no entanto, o trânsito de veículos só será liberado após a reunião marcada para as 9h de hoje, no gabinete do prefeito João Paulo Kleinübing, entre o superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Elifas Marques, técnicos do Seterb e das secretarias de Obras e Serviços Urbanos.

Antes da reunião, Elifas e os engenheiros do Dnit farão a vistoria final para avaliar as condições do trecho. A previsão é de que o tráfego sobre o viaduto seja liberado ainda pela manhã.

Até ontem à tarde, Dnit, Seterb e Secretaria de Obras de Blumenau não tinham a projeção da sinalização. O sentido do tráfego no trecho também não havia sido divulgado pelos órgãos públicos até o fechamento desta edição.

Apesar da inauguração do viaduto, para o projeto ser totalmente concluído faltam ainda a implantação de alças de acesso e da passagem subterrânea pela Rua Frederico Jensen, que ligará a Rua Dr. Pedro Zimmermann ao Bairro Itoupavazinha. O início dos trabalhos depende da remoção dos sistemas de distribuição de energia elétrica, telefonia e de gás natural instalados no subsolo. A ligação da rede de água que passava pelo subsolo da via já foi desviada e religada pelo Samae à rede da Rua 1º de Janeiro.

Segundo Marques, em razão dos atrasos na remoção da infraestrutura instalada no subsolo, o contrato de serviço com a JM Terraplanagem e Construções teve de ser prorrogado. A empresa ganhou mais 300 dias para finalizar os trabalhos, que deveriam ter sido concluídos hoje.


Entenda o caso

 Em 21 de janeiro de 2010, uma galeria pluvial sob a Rua Dr. Pedro Zimmermann, próximo à Unisselvi, cedeu por causa da chuva. O rompimento provocou a abertura de uma cratera nas margens da pista. Desde então, quem trafegava pela BR-470 estava impedido de usar a Rua Dr. Pedro Zimmermann para chegar até as ruas Engenheiro Udo Deeke ou 2 de Setembro, pois o trânsito ficou fechado 

 A ordem de serviço para a reconstrução da galeria foi assinada dia 11 de março. O recurso de R$ 400 mil veio de um convênio assinado entre a prefeitura e o Badesc 


 A cratera na Rua Dr. Pedro Zimmermann começou a receber, dia 8 de abril, os módulos de concreto da nova galeria subterrânea. Apenas pedestres conseguiam cruzar o local 


 As obras do Viaduto da Mafisa foram concluídas dia 12 de maio. A passagem de veículos, no entanto, só ocorreria com a liberação do tráfego na Dr. Pedro Zimmermann. Prevista para o dia 19, a conclusão da obras foi prorrogada para hoje devido ao mau tempo




Voltar para a Portfólio Voltar para a Home

Nenhum comentário:

Postar um comentário