Trânsito em Blumenau: cuide ao passar por aqui

Trânsito em Blumenau Max Hering Heinrich Hosang Cristian Edel Weiss Cristian Weiss jornalismo de dados RBS NSC Comunicação Santa

Publicada originalmente no Santa em 27/5/2010

Clique para ver em pdf


Rotina de acidentes no cruzamento das ruas Max Hering e Heinrich Hosang preocupa moradores

CRISTIAN EDEL WEISS
BLUMENAU

Cautela redobrada é a única alternativa que resta aos motoristas para evitar acidentes no cruzamento das ruas Heinrich Hosang e Max Hering, no Bairro Victor Konder. Embora a Guarda de Trânsito tenha registrado apenas dois acidentes no entroncamento este ano, moradores afirmam que, apenas na semana passada, houve três colisões. Acidentes são frequentes e, na maioria das vezes, ocorrem por precipitação dos motoristas que saem da Rua Max Hering e cruzam a Heinrich Hosang para seguir à Antônio da Veiga. Imprudência e desrespeito à sinalização também contribuem: em 20 minutos que a reportagem do Santa esteve no local, no final da tarde de ontem, três veículos fizeram manobras proibidas no trecho.

– Não passa um dia sem ter de uma simples freada a uma batida ou atropelamento. Por mais que a gente peça, ninguém toma providência – critica a produtora de moda Ana Werner, síndica do Edifício Villagio Millano, que fica na esquina do cruzamento.

No ano passado, moradores do edifício organizaram um abaixo-assinado. Foram recolhidas 45 assinaturas e encaminhadas ao Seterb, mas não houve resposta do órgão.

Especialista defende implantação de rotatória 

O sentido do entroncamento é delimitado por canteiros, mas os moradores sugerem a instalação de um semáforo para controlar o fluxo de veículos. A arquiteta e urbanista Carla Back acredita que apenas uma rotatória, implantada no lugar dos canteiros, seria o suficiente para reduzir o risco de acidentes:

– A princípio, o semáforo seria desnecessário. O maior problema está no horário de pico, principalmente de quem está na Max Hering, que se arrisca para entrar no fluxo, gerando tumulto.

O diretor de Trânsito do Seterb, José Carlos de Oliveira, admite que não há ações planejadas para o trecho. Segunda-feira, em reunião com a Secretaria de Planejamento Urbano, ele pretende discutir a viabilidade de implantar semáforo, rotatória ou disponibilizar um agente de trânsito nos horários de pico.


Os números

Enquanto a Guarda de Trânsito registrou apenas
2 acidentes
no cruzamento em 2010, moradores testemunharam 
3 ocorrências
somente na semana passada.

Fiscais do cruzamento 


A pedido do Santa, três blumenauenses vão monitorar os acidentes, infrações e filas no cruzamento das ruas Max Hering e Heinrich Hosang. Os depoimentos serão publicados no Santa e no blog Trânsito no Vale (www.santa.com.br/transito)

Quando a gente escuta a freada já sabe que a batida está por vir. O que custa colocar um semáforo para resolver de vez?

Ana Werner 
Produtora de moda
Semana passada teve três acidentes. E em período de chuva, a situação piora
Fabiana Esperandio
Estagiária

Se tivesse um agente de trânsito, além de controlar o fluxo, iria multar muito os que cometem infrações e põem em risco os outros motoristas
Maura Dias
Secretária 



No resultado da enquete publicada na edição de ontem do Santa, 68% dos internautas defenderam a instalação de uma sinaleitra no cruzamento. No total, 268 pessoas opinaram.


Voltar para a Portfólio Voltar para a Home

Nenhum comentário:

Postar um comentário