Pacote promete fim da falta de água


Publicada originalmente no Santa em 10/2/2010

Clique para ver em pdf


Medidas adotadas pelo Samae devem aumentar a produção, o bombeamento e a capacidade dos reservatórios


CRISTIAN WEISS
cristian.weiss @santa.com.br
BLUMENAU

A falta de água registrada na última semana mobilizou a prefeitura e o Samae a agilizar a aplicação de um pacote de obras, que pretende solucionar o déficit na distribuição. Ao todo, são sete ações previstas para serem concluídas até agosto de 2011. O objetivo do pacote é ampliar a produção de água dos atuais 1,2 mil litros para 1,35 mil por segundo, estender o limite de reserva para 2,1 milhões de litros e incrementar o bombeamento em Blumenau.

– O objetivo dessas ações é acabar definitivamente com a falta de água no município – projeta o prefeito João Paulo Kleinübing.

Para hoje, está previsto o início da instalação do motor de 400 cavalos de potência, que vai ampliar a capacidade de bombeamento de 150 para 180 litros por segundo. O equipamento vai ser instalado na ETA II e vai atender a região da Velha, a maior prejudicada pela falta de água.

Para execução das sete obras propostas, município investirá R$ 11 milhões

A primeira obra do pacote foi executada no fim de semana, com a instalação de válvulas de retenção entre a Rua XV de Novembro e Alameda Rio Branco, que direciona 50 litros por segundo da ETA III, no Garcia, para a Rua Itajaí, antes abastecida pela ETA II. Com isso, desde domingo, os 50 litros por segundo excedentes foram redirecionados para 24 bairros atendidos pela ETA II, na Região Norte e Velha. Para execução das sete obras

Como efeito direto da instalação das válvulas, poucas reclamações a respeito de falta de água foram registradas pelo Samae ontem. Segundo o gerente de Manutenção de Rede de Águas, Eugênio Roncáglio, o clima mais ameno também contribuiu para que o consumo diminuísse no município nesta semana.

– A principal causa da falta de água foi o consumo que disparou, chegando a 60% acima do normal. Por isso as obras são necessárias, para aumentar a produção e evitar que se repita no futuro – resume Roncáglio.

Pacote de obras

Emergenciais
Instalação de válvula de retenção
■ Onde: Rua XV de Novembro e Alameda Rio Branco
■ Custo: R$ 60 mil
■ Objetivo: Fornecer 50 litros de água por segundo para 4,5 mil unidades consumidoras da Rua Itajaí. Com isso, a região que era abastecida pela ETA II terá 4 milhões de litros por dia para abastecer 24 bairros da região Norte e Velha
■ Prazo: concluída domingo
Instalação de motor de bombeamento
■ Onde: ETA II
■ Custo: R$ 150 mil
■ Objetivo: Bomba de 400 cavalos de potência substituirá bomba de 300 cavalos e ampliará capacidade de bombeamento de 150 para 180 litros por segundo na região da Velha
■ Prazo: entra em operação hoje
Implantação de reservatório
■ Onde: Vila Itoupava
■ Custo: R$ 80 mil
■ Objetivo: Com capacidade para armazenar 100 mil litros, o reservatório vai abastecer os fundos da Itoupava Central
■ Prazo: implantação em 15 dias
Médio prazo
Implantação de bomba flutuante
■ Onde: Na ETA II, da Rua Bahia
■ Custo: R$ 350 mil
■ Objetivo: Com capacidade de produção de 150 litros por segundo, vai ampliar a produção em até 950 litros por segundo
■ Prazo: de um a três meses
Ampliação da ETA II
■ Onde: Rua Bahia
■ Custo: R$ 1 milhão
■ Objetivo: Remodelar um dos decantadores que vai auxiliar na filtragem dos 150 litros por segundo produzidos pela bomba flutuante da ETA II
■ Prazo: três meses
Instalação de reservatório
■ Onde: Itoupava Central
■ Custo: R$ 2 milhões
■ Objetivo: Reservatório com capacidade de 2 milhões de litros para abastecer a Itoupava Central
■ Prazo: três meses
Longo prazo
Implantação da ETA V
■ Onde: Próximo ao trevo das ruas General Osório e Bahia
■ Custo: R$ 8 milhões
■ Objetivo: Com capacidade de produção de 200 litros por segundo, a ETA V vai abastecer a região da Velha. Atualmente, a ETA II fornece 170 litros por segundo para a região, que serão disponibilizados para os bairros da região Norte
■ Prazo: 1 ano e meio

Fonte: Samae

Voltar para a Portfólio Voltar para a Home

Nenhum comentário:

Postar um comentário